25.4.10

Voava, voava


Ophrys tenthredinifera Willd.

       Antes ser na terra escravo de um escravo
Do que ser no outro mundo rei de todas as sombras

Homero, Odisseia (Canto XI)


Antes ser sob a terra abolição e cinza
Do que ser neste mundo rei de todas as sombras


Sophia de Mello Breyner Andresen, Paráfrase (O nome das coisas, 1977)


4 comentários :

Lucia disse...

Com toda certeza Maria, a poetisa tem razão!
saudações !

bettips disse...

Voar
como um sonho de Abril.
Abç

James disse...

Que bela orquidea..imagino-a pequenina, mas muito bela mesmo...

Maria da Luz Borges disse...

São estes os "fradinhos" da minha infância. Havia imensos nos matosda minha infância. e nós, garotos de aldeia, fazíamos raminhos com eles e íamos vendê-los de porta em porta, a 5 tostões e, se vendêssemos algum, sentiamo-nos ricos... É bom reencontrá-los!
Luz