13.3.10

Para sentir seu leve peso


Orchis anthropophora (L.) All. [sinónimo: Aceras anthropophorum (L.) R.Br.]

      Guardava o rouxinol numa caixinha. Tudo o que queria era andar com o rouxinol
empoleirado no dedo. Mas, se abrisse a caixinha, ah! certamente fugiria.


Então amorosamente cortou o dedo. E, através de uma mínima fresta, o enfiou na
caixinha.


Marina Colasanti, Um espelho de Marfim e Outras Histórias (Figueirinhas, 2004)

2 comentários :

Maria da Luz Borges disse...

Muito parecida com os "Fradinhos" que cresciam nos campos semeados de rochas calcárias dos arredores de Sintra, e que já não tenho o privilégio de encontrar há muitos anos.
Obrigado também pelo maravilhoso texto. Faz alargar a alma.
Bom fim de semana
Luz

bettips disse...

Fez-me lembrar os chineses??? que passeiam os seus pássaros.

(tive um canário que andava no meu ombro! e vinha aos saltinhos - era velho, já pouco voava - por um corredor fora quando eu o chamava "Pataniscas" ... e eu recordo-o com o sentimento do seu leve peso no dedo; e na cabeça, quando aos domingos me vinha acordar bicando-me o cabelo).
Palavras em argola infindável.